A Dieta mais seguida de Hollywood

A Dieta da zona, dieta para emagrecer

A famosa dieta da Zona foi criada pelo Dr.Barry Sears (cientista norte-americano) há mais de vinte e cinco anos. Tem muitos seguidores em todo o mundo, sendo a dieta preferida de muitos famosos como Madonna, Jennifer Aniston, Brad Pitt ou Cindy Crawford.

A dieta da Zona é muito mais que uma dieta de emagrecimento, é uma maneira de ganhar saúde, rejuvenescer e adquirir a sensação de bem-estar físico e mental que todos desejamos. Basicamente é um estilo de vida saudável.

Em que consiste a dieta da Zona?

O princípio desta dieta é manter os níveis de insulina no sangue estáveis. Segundo o Dr.Barry Sears, os picos de insulina no sangue são os maiores responsáveis da acumulação de gordura no corpo. Isto deve-se ao excesso de hidratos de carbono da alimentação da maior parte das pessoas.

Quando uma pessoa decide perder peso e melhorar a sua saúde, deve encontrar uma dieta eficaz, que lhe ensine a mudar ou a corrigir os hábitos alimentares. Só assim, é possível alcançar o peso ideal sem acarretar problemas para a saúde, ao contrário do que fazem as dietas milagrosas para emagrecer rápido.

A dieta da Zona está baseada numa alimentação saudável. Tem como máxima uma alimentação focada em alcançar o equilíbrio hormonal perfeito. Por isso a ingestão dos 3 princiapis grupos de nutrientes hidratos de carbono, proteínas e gordura, deve seguir em cada uma das refeições a proporção de 40%, 30% e 30%, respectivamente. Esta é a formúla controlada e precisa para comer saudavelmente. Entrar na Zona é tratar os alimentos com o mesmo respeito como se fossem uma medicina.

Os principais benefícios da dieta da Zona são:

  • Perder peso gradualmente
  • Melhorar o estado de saúde geral do corpo, aumentando a nossa energia e vitalidade
  • Controlar as funções hormonais do organismo e manter a insulina em ótimos níveis
  • Pensar melhor, porque na Zona os níveis de açúcar mantêm-se sempre estáveis
  • Melhorar o rendimento físico, porque esta dieta permite aumentar o fluxo de oxigénio às células do tecido muscular
  • Melhorar o aspecto físico, porque na Zona perde-se gordura e atingimos o nosso peso ideal sem perder massa muscular. A pele tona-se também mais bela.
  • Retardar o envelhecimento
  • Evitar doenças e melhorar os seus sintomas como a hipertensão, a diabetes, o cancro, a menopausa, a depressão.
  • Ausência da sensação de fome entre as refeições, porque os níveis de açúcar no sangue estão sempre estáveis.

Quem começa a fazer este tipo de alimentação e cumpra bem as regras, começa a notar todos estes benefícios ao fim de uma ou duas semanas. Isto é o que marca a diferença entre a dieta da Zona e as outras dietas. Esta dieta não só se fundamenta no princípio de todas as dietas que é o emagrecimento, mas vai muito mais além. Preocupa-se pelo estado geral de saúde do organismo, tornando-se assim, a melhor dieta para qualquer pessoa que queira emagrecer mas também manter a saúde e a sensação de bem-estar físico e mental.

Dieta equilibrada – equilibrio nutricional

Todo o fundamento da dieta da Zona assenta no equilíbrio entre as proteínas, os hidratos de carbono e a gordura. A famosa fórmula recomendada pela Dieta da Zona é 40-30-30. Isto significa  que a ingestão diária dos alimentos deve provir de 40% dos hidratos de carbono, 30% das proteínas e 30 % das gorduras.

É importante que em cada uma das cinco refeições realizadas ao longo do dia haja este perfeito equilíbrio, sem deixar passar mais de 4 a 5 horas entre os intervalos das refeições, de modo a manter sempre estáveis os níveis de açúcar no sangue.

Uma das regras do estilo de vida da Zona é tomar diariamente óleo de peixe rico em ómega 3 de qualidade farmacológica. Cada dia surgem novos estudos que reafirmam a importância de suplementar a nossa alimentação com gorduras ómega 3, devido aos inúmeros beneficios que proporcionam à nossa saúde.

A prática de um exercício físico é também aconselhável, por isso é sugerido caminhar pelo menos 30 minutos por dia.

Lista da compra

Os alimentos que não devem faltar no frigorifico: queijos magros, requeijão, iogurte magro, leite magro, fiambre de peru e frango, presunto, carnes sem gorduras, peixe fresco, ovos, verduras e legumes frescos variados, frutas frescas variadas.

Na despensa: frutos secos como nozes, azeite extra virgem, vegetais enlatados (cogumelos, alcachofras, espargos), proteína enlatada (atum, sardinha…), pão integral.

Quantidade de alimentos a ingerir

Para perder peso é preciso saber que alimentos promovem a perda de peso e ingeri-los na quantidade adequada. Na maioria das dietas é preciso contar calorias. Na dieta da Zona a quantidade de comida a ingerir e-nos dada pela “regra da mão”. Para perder peso, os hidratos de carbono favoráveis (legumes e frutas) devem ocupar a maior parte do prato (tendo preferência as verduras e legumes)

Os hidratos de carbono favoráveis da Dieta da Zona são os legumes e as frutas, que permitem perder peso e irão contribuir para melhorar ou manter a nossa saúde. Cada uma das refeições deve ter como acompanhamento legumes e frutas. Quanto mais colorido for o prato mais saudável é. Os tradicionais acompanhamentos como o arroz, as batatas e as massas não são hidratos de carbono bons, são considerados desfavoráveis. A dieta da Zona não os proibe, mas não são os melhores para perder peso e ganhar saúde.

A quantidade de proteínas deve ser equivalente ao tamanho e espessura da palma da mão. Finalmente, as gorduras boas, corresponde em cada refeição a uma colher de sopa de azeite.

Se quisermos incluir hidratos desfavoráveis ​​(aqueles com um maior nível de açúcar como massas ou arroz) devem ocupar uma pequeníssima parte do prato.

Porque é que os picos de insulina fazem engordar?

Quando se produzem níveis de insulina elevados todos os dias ao longo do tempo aumenta a nossa fome e apetite por alimentos ricos em hidratos de carbono. Isto, não só engorda como também dificulta o emagrecimento. Se consumirmos legumes e frutas, a entrada do açúcar no sangue é mais lenta e moderada, desta forma a quantidade de insulina segregada pelo pâncreas é baixa. Esta situação é importantíssima para o controlo do apetite e da perda de peso.

Esta dieta é adequada para todas as pessoas de todas as idades e seja qual for o seu estado de saúde. Mais que uma dieta, é um estilo de vida saudável, que deve ser mantido no tempo. Estar naZonaé o começo de uma vida mais saudável, mais longa e mais satisfatória. Quem segue esta dieta experimenta uma alegría de viver contagiosa, uma sensação de viver plena. Corpo e mente estão em perfeita sintonia.