Triunfar na dieta

Muito mais que uma simples dieta, a dieta da Zona é um estilo de vida para optimizar a saúde, obviamente que um dos grandes benefícios deste estilo de vida é a perda de peso, mas também, vai mais além e propõe retrasar o envelhecimento e prevenir as doenças crónicas.

Criada pelo estado-unidense Dr. Barry Sears, esta dieta deve o seu nome, ao que o seu autor denomina, “estar na Zona”. Este conceito, marca o ponto onde bem-estar e saúde confluem para conseguir o funcionamento ótimo do corpo.Triunfar na dieta da Zona

Como conseguir estar na Zona

Esta dieta, visa acima de tudo, o equilíbrio entre os três grupos de nutrientes básicos que necessitamos para manter uma alimentação saudável, hidratos de carbono, proteínas e gordura nas proporções 40%, 30% e 30% respetivamente. Graças a esta distribuição calórica dos alimentos, vai ser possível emagrecer rápidamente, sem submeter o corpo a carências alimentares.

Estes pequenos e simples conselhos ajudam a entender, muito simplesmente, os pilares fundamentais da Zona e a triunfar na dieta:

Comer frutas e vegetais 

Na dieta da Zona só estão permitidas os hidratos de carbono que têm um índice glicémico baixo, além disso sempre acompanhadas de pequenas porções de proteína e gordura monoinsaturada. De modo a garantir que os hidratos de carbono cheguem ao sangue muito lentamente, proporcionando a sensação de saciedade e satisfação, que é fundamental para o controlo do peso.

Eliminar por completo os hidratos de carbono refinados

Retirar o açúcar, doces, produtos de pastelaria, chocolates, salgados, refeições pré-cozinhadas tipo lasanha ou canelones, recheios, panados, refrescos, bebidas açucaradas, etc.

Reduzir o consumo dos farináceos

Restringir o pão, massa, arroz, batatas …dado que estes alimentos possuem uma alta densidade de hidratos de carbono que fazem subir os níveis de açúcar e insulina. Lembre-se que para emagrecer, o segredo é manter os níveis de glicose e insulina estáveis, uma vez que níveis constantes de insulina conduz ao armazenamento gordura e, além disso estimula o apetite, provocando mais fome.

Troque os tradicionais acompanhamentos arroz, batata e massas, que normalmente acompanham as carne ou o peixe, por legumes e saladas, que também são fornecedores de hidratos de carbono.

A proteína é saciante

A proteína deve estar presente em todas as refeições da dieta, incluindo no pequeno almoço e pequenos lanches, pelo seu efeito saciante, factor determinante na perda de peso. As proteínas devem ser magras: frango, peixe, vitela, peru, fiambres, iogurtes magros, claras de ovo, queijos baixos em gordura e, para quem está a seguir uma dieta vegetariana: tofu ou produtos derivados da soja, etc.

Cuidado com a cafeína

O café e o chá são bebidas estimulantes, pois a cafeina e teína estimulam os níveis de insulina, pelo que convém reduzir o seu consumo, ou mesmo eliminá-los durante a fase de perda de peso. Se não pode, nunca os tome, como é costume fazer-se, como reforço a meio da manhã ou a meio da tarde, mas sim nas refeições principais, para que os alimentos minimizem o aumento da insulina provocada pela cafeína.

Respeitar os horários das refeições

Não deixe passar mais de uma hora desde que se levanta até tomar o pequeno almoço. Não prolongar por mais de cinco horas o intervalo entre refeições. Faça cinco refeições diárias, 3 grandes e 2 pequenas, caso seja necessário, deve ser feita uma pequena ceia antes de ir dormir. Desta forma nunca sentirá fome.

Praticar exercício físico

O exercício é fundamental em qualquer dieta de perder peso, para além de ser uma prática indispensável para conservar a saúde do organismo. Na Zona, além da dieta, a atividade física diária é essencial. A boa noticia é que, não faz falta realizar exercícios extenuantes, basta realizar qualquer atividade moderada, como por exemplo caminhar todos os dias cerca de 30 minutos.

Organizar os menus

Planear os menus antecipadamente evitará os desagradáveis imprevistos que possam surgir, como saltar refeições, ou recorrer a alimentos inapropriados. Nada deve representar um pretexto para interromper a dieta.

Fazer uma lista de compra uma vez por semana

É conveniente fazer uma lista de compra, na qual, deve incluir todos os produtos que precisa, de acordo com o menu semanal que vai preparar, e cingir-se a ela fielmente. De uma coisa pode ter a certeza, se colocar no seu carrinho de compra algum alimento que não é adequado à dieta, ao chegar a casa, mais tarde ou mais cedo, acabará por come-lo. O melhor é evitar impulsos.

Consultar um nutricionista da Zona

Embora este site lhe possa servir como um guia para seguir esta dieta, é sempre recomendável recorrer a um nutricionista especialista na dieta da Zona, para ajudá-lo nos cálculos nutricionais que cada pessoa necessita determinados pelo sexo, a massa muscular e o fator de atividade física.

Faça o seu comentário