A melhor dieta

Entre as mil dietas que existem para emagrecer e que prometem resultados rápidos e milagrosos, a dieta da Zona destaca-se por ser um regime sensato, tendo por isso ganhado o reconhecimento de muitos nutA melhor dietaricionistas, tarefa nada fácil de conseguir. É considerada por muitos a melhor dieta para perder peso e ganhar saúde.

O equilíbrio nutricional que propõe e os ácidos gordos ómega-3 como grandes protagonistas desta dieta, são algumas das garantias que contribuíram para que este programa alimentar fosse ganhando relevância, não apenas para perder peso, mas também para retrasar o envelhecimento e prevenir as doenças.

A diferença entre a Zona e as dietas que continuamente surgem, é a base científica sobre a qual se sustenta,  já que o Dr. Barry Sears, desenvolveu todo o seu trabalho a partir dos eicosanóides, hormonas implicadas nos processos metabólicos que conduzem à obesidade e às doenças crónicas. Os primeiros descobrimentos médicos sobre estas hormonas ganharam em 1982 o prémio Nobel de Medicina. Foi, com base nesta investigação, que o dr. Barry Sears desenvolveu um plano alimentar saudável e equilibrado para controlar estas hormonas.

Como nasceu a dieta da Zona?

A dieta da Zona não é uma dieta de moda, é sim o resultado de muitos anos de estudos e investigações desenvolvido pelo Dr. Barry Sears, cujo principal objetivo era criar uma dieta para tratar problemas associados a cardiopatias e diabetes, que permitisse essencialmente regular os níveis de insulina no sangue, uma vez que o excesso de produção desta hormona é a causa subjacente da obesidade e de um grande números de doenças crónicas.

Os primeiros a usufruir dos benefícios deste plano alimentar foram doentes cardíacos, diabéticos e mais tarde atletas de élite, pois é uma dieta que faz aumentar o rendimento físico. Quer doentes como atletas começaram a obter resultados espetaculares, razão pela qual muitos cardiologistas adotaram este plano alimentar para ajudar os seus doentes a melhorarem a qualidade de vida. Estes doentes rapidamente começaram a sentir-se melhor, recuperaram a energia perdida, ao mesmo tempo que perdiam o excesso de gordura corporal.

A melhor dieta para a saúde

Estudos científicos demonstraram que os princípios desta dieta, não só são efetivos para perder peso ou manter um peso saudável, mas que também trazem muitos benefícios para a saúde. Recentes investigações realizadas pela equipa de trabalho do Dr. Mark A. Pereira, epidemiologista da Universidade de Minessota, revelaram que os carboidratos de baixo índice glicémico (frutas, verduras…), que são os que prioriza a Zona no seu plano alimentar, reduzem os fatores de risco das doenças cardíacas e diabetes, muito mais que as dietas pobres em gordura.

As frutas e verduras são hidratos de carbono que depois de transformados em glicose entram no sangue muito mais lentamente que os hidratos de carbono de índice glicémico elevado (massas, arroz, batata…), permitindo assim, manter os níveis de açúcar no sangue estáveis, o que vai contribuir, portanto, para uma menor produção de insulina.

O conceito básico desta dieta é que, as calorias ingeridas provenham de 40 % dos hidratos de carbono, 30% das proteínas e 30% das gorduras. Todos os hidratos de carbono devem serem ingeridos com uma fonte proteica magra e uma pequena quantidade de gordura monoinsaturada, para diminuir ainda mais, a entrada dos hidratos de carbono na corrente sanguínea. Isto traduz-se numa melhora da pressão arterial; um nível menor de gorduras no sangue e uma taxa metabólica de repouso (as calorias que o corpo queima quando não está em movimento) bastante mais elevada.

Dieta mundialmente reconhecida

Não é de estranhar portanto que esta dieta revolucionou os hábitos alimentares de milhões de pessoas em muitos países, sobretudo em Estados Unidos, onde ganhou a credibilidade de muitos especialistas, como demonstraram numerosos artigos que surgiram na prensa médica desse país.

Também em Itália e Espanha são muitos os endocrinologistas, dietistas e nutricionistas que seguem as bases deste programa alimentar, chegando ao ponto de consideram a dieta da Zona uma evolução da Dieta Mediterrânica.

A Zona não é uma dieta de moda, mas sim, um estilo de vida, onde através de uma alimentação saudável propõe alcançar o equilíbrio hormonal, tão importante, não só para emagrecer, mas também para melhorar a nossa saúde, aumentar a nossa capacidade física e mental, mas sobretudo para prevenir e evitar futuras doenças.

Faça o seu comentário