Dieta colorida

Dieta colorida - Vegetais e vitaminasUma dieta colorida é sinónimo de saúde. Não há dúvidas, de que o consumo regular de fruta, hortaliças e legumes é benéfico para o nosso corpo, já que proporcionam vitaminas, sais minerais, fibras, antioxidantes e outras substâncias que ajudam a prevenir o envelhecimento e a proteger-nos das doenças.

Contudo, e devido à vida agitada dos dias de hoje, as pessoas não consomem tantos legumes frescos como seria de desejar. Para acabar com esta situação, uma boa maneira é recorrer às verduras congeladas, que se preparam muito rapidamente.

Mesmo congelados estes alimentos conservam intacto 100 % dos seus nutrientes, chegando a ter, muitas vezes mais vitaminas e minerais, que os próprios legumes frescos, já que estes após a recolha podem estragar-se por serem transportados e passarem muito tempo nos cámeras frigoríficas.

Vegetais e Vitaminas tornam a dieta colorida

Seria inconcebível uma dieta saudável sem inclui-los. Os legumes e as frutas são os hidratos de carbono favoráveis da dieta da Zona. As frutas e vegetais também fornecem hidratos de carbono, que podem ser ingeridos em grandes porções, sem fazer subir os níveis de açúcar e insulina no sangue. Por isso, são a principal fonte de hidratos de carbono deste plano alimentar.

Comece a reduzir os hidratos de carbono “ brancos”, pois estes são os principais estimuladores da insulina, como a batata, a massa, o arroz, o pão e, substitua-os por hidratos de carbono “coloridos”. Não só vai tornar a sua dieta colorida, como também vai poder ingerir alimentos com muitos nutrientes e poucas calorias, que lhe protegem das doenças e da obesidade.

Sendo assim, os vegetais e as frutas coloridos devem constituir ¾ parte do seu prato e o outro quarto está reservado às proteínas como as carnes brancas ou o peixe, ou eventualmente pela soja e seus derivados, no caso de seguir uma dieta vegetariana. Na dieta da Zona as fontes de proteína como a carne ou peixe devem ter quase sempre como acompanhamento vários tipos de vegetais. E, para sobremesa sempre uma peça de fruta.

Poder dos antioxidantes

As verduras e frutas são ricos em polifenóis, umas substâncias químicas com grande poder antioxidante que ajudam a lutar contra os radicais livres, umas moléculas geradas pelo próprio corpo e por outros fatores externos, que atacam as células saudáveis, aumentando o risco de envelhecimento precoce e das doenças degenerativas, como as doenças cardio e cerebrovasculares, e alguns tipos de cancro.

São os polifenóis os que conferem essa cor intensa e atrativa às frutas e vegetais. Em geral quanto mais intensa é a cor da fruta ou verdura, mais alto é o seu conteúdo em polifenóis.

A O.M.S. (Organização Mundial de Saúde) recomenda a ingestão diária de 5 porções de fruta e legumes para a manutenção de um sistema imunitário saudável. No programa alimentar da Zona essa ingestão é maior, praticamente o dobro. Seguir esta dieta com precisão, supõe ingerir ao dia 10 a 15 porções de fruta e verduras, o que representa a ingestão de muitos polifenóis.

Vegetais com sabor

O melhor tempero para dar sabor aos legumes e hortaliças é o azeite virgem extra. O azeite contém um dos polifenóis mais potentes que existe, o hidroxitirisol, isto explica, em parte, porque o azeite é tão saudável.

Seguir a dieta da Zona significa ingerir uma grande quantidade e variedade de frutas, hortaliças e legumes, desta forma obteremos da dieta todos os antioxidantes, vitaminas, minerais e fibra que necessitamos, sem ter que recorrer a nenhum suplemento vitamínico. Torne a sua dieta colorida e comece a reduzir os “hidratos de carbono brancos” (batata, arroz, massas, pão, cereais…) e substitua-os pelos coloridos, fruta e vegetais. Esta é a melhor garantia que está a comer os hidratos de carbono corretos.

Artigos Relacionados

Faça o seu comentário