Mostrar mensagens com a etiqueta Comprar. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Comprar. Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

EnerZona Proteína Whey 90%

A  proteína Whey ou proteína do soro de leite é produzida a partir das proteínas do leite de vaca, durante o processo de transformação do leite em queijo.

EnerZona Proteína Whey 90%

A Proteína Whey EnerZona 90% é um suplemento alimentar em pó, obtido a partir de  proteínas isoladas do soro do leite por meio de um processo de filtração avançado CFM  (Cross-Flow-Filtration/Micro Filtração por Fluxo Cruzado).

O  resultado é um produto natural de alta qualidade nutricional, com níveis extremamente baixos de gorduras e hidratos de carbono e, com  a mais pura proteína do soro de leite, com a vantagem de ser absorvida de forma rápida pelo corpo, o que lhe confere uma boa digestibilidade.

Desta forma a proteína de soro de leite isolada é adequada para ser utilizada na dieta da Zona, uma vez que é rapidamente absorvida pelo corpo ajudando a manter o equilíbrio das hormonas insulina e glucagon.

Whey EnerZona 90% é um pó instantâneo que se dissolve facilmente ao contrário das Wheys proteínas correntes à venda no mercado.

A Proteína Whey é uma proteína de alto valor biológico

O  nosso corpo não é capaz de construir, por si só, os aminoácidos essenciais. E, a única maneira de obtê-los é através da ingestão de alimentos ricos em proteínas de alta qualidade. As fontes de proteínas que contêm todos os aminoácidos essenciais são denominadas proteínas completas, e a proteína de soro de leite ou proteína Whey é uma das principais.

A EnerZona Proteína Whey 90%, como também a proteína de soja Enerzona 90% representam a solução ideal para  suplementar a sua dieta com uma fonte de proteínas de alto valor biológico, sobretudo quando nem sempre é possível obter a quantidade suficiente de proteína através da alimentação diária.

Permite ser usada em muitas situações:


  • para quem quer perder peso e sofre de ataques de ansiedade ou apetite voraz pela comida;

  • para os desportistas que necessitam de uma boa fonte de proteína para reparar e construir massa muscular;

  • as crianças que crescem e mulheres grávidas;

  • os vegetarianos que não ingerem proteína suficiente ou todas as pessoas normais que necessitam de uma fonte  prática e rápida de proteína

Como tomar a proteína Whey 90% EnerZona

A proteína em pó EnerZona Whey 90% tem um sabor neutro, o que a torna mais versátil já que pode ser adicionada tanto a alimentos doces como salgados sem afetar o sabor original do prato. Pode ser acrescentada a sopas, molhos, sobremesas, sumos de frutas... É uma boa opção para enriquecer de proteína os cereais do pequeno-almoço, e assim conseguir o balanço próprio da dieta da Zona 40-30-30.

Como só contém uma quantidade muito pequena de hidratos de carbono pode ser considerada uma fonte pura de proteína. Isto faz com que seja  mais fácil calcular os blocos de proteína. Uma colher/medida  fornece 1 bloco de proteína. Desta forma, permite adicionar a quantidade de proteína necessária aos pratos que não possuem a quantidade apropriada.

A proteína Whey 90% EnerZona encontra-se disponível em latas de 216 g, em forma de pó de fácil dissolução, sem aromatizantes e edulcorantes e com uma colher/medida incluída.


  • 1  colher/medida = 8g

  • 1  colher/medida = 1 bloco de proteínas

Tabela nutricional EnerZona ProteínaWhey 90%



Informação nutricional



Por 100 g



Por porção (8 g)



Energia



372  Kcal/1557 KJ



30  Kcal/125 KJ



Proteínas



90 g



7,2 g



Hidratos de carbono



1 g



0,08 g



Lípidos



0,5 g



0,04 g



sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Óleo de peixe Enerzona omega 3 Rx

A importância de ingerir um bom suplemento de óleo de peixe reside no facto de que os  ácidos gordos ómega 3 são essenciais para o nosso organismo. Diz-se essenciais porque o corpo não é capaz de sintetizá-los, por isso devem ser obtidos da dieta.

Contudo, hoje em dia, ingerir uma dose de ómega 3 adequada a partir do peixe azul é praticamente  impossível, dado que tínhamos que comer uma porção de 250 g de peixe gordo todos os dias para fornecer ao corpo a dose necessária de Ómega 3 e assim obter todos os benefícios dos ácidos gordos ómega 3 no combate às doenças e na melhoria da saúde e bem-estar.

É  por esta razão que na dieta da Zona é recomendada a ingestão de ómega 3 a partir de um suplemento de óleo de peixe. No entanto, é  muito importante escolher bem o suplemento. Deve ser um  suplemento concentrado, de modo a fornecer ao corpo a dose recomendada (2,5 g) de EPA e DHA, os dois ácidos gordos mais importantes. É fundamental que o complemento de óleo de peixe seja um preparado purificado e destilado, para evitar  a ingestão dos contaminantes presentes no mar.

Qualidade do óleo de peixe Enerzona omega 3 Rx



Devido à poluição industrial, os oceanos contêm substâncias tóxicas como mercúrio e outros metais pesados que os peixes absorvem e que passam aos humanos ao ingerir muito peixe ou tomando óleo de peixe de baixa qualidade.

Atualmente há uma grande oferta de óleo de peixe no mercado, no entanto ainda é muito difícil encontrar à venda óleo de peixe de boa qualidade, livres de químicos e toxinas e ricos em EPA e DHA, os dois ácidos  gordos ómega 3, que proporcionam muitos benefícios à saúde.

Isto porque, nem todos os óleos de peixe contêm níveis elevados de EPA e DHA. Para se ter uma ideia, as cápsulas de ómega 3 das lojas dietéticas contêm apenas um 30 % destes dois ácidos gordos, enquanto que um óleo de peixe de boa qualidade contém 60 %, ou seja  o dobro.

Além disso, as cápsulas correntes, produzem arrotos e regurgitação de sabor a peixe, bem como outros transtornos gástricos que desencorajam a seguir com o tratamento a longo prazo. Outra desvantagem é que a concentração reduzida em EPA e DHA, leva a que, maior quantidade de óleo de peixe deva ser consumido para notar algum efeito terepêutico, o que resulta em ingerir muitos químicos e toxinas.

Somente um produto altamente concentrado em ómega 3 (especialmente EPA e DHA) pode combater e prevenir as doenças crónicas e desempenhar um papel importante na regulação dos níveis de triglicérides, no fluxo sanguíneo, na resposta anti-inflamatória, na concentração,  no humor e no rendimento intelectual.

Qualidade farmacêutica do EnerZona Omega 3Rx

Actulamente no mercado encontra-se à venda um óleo de peixe de qualidade farmacêutica, o Omega 3 do Dr. Sears, que na Europa é comercializado sob o nome EnerZona Omega 3Rx. No  seu livro The Omega Rx Zone (Na Zona com Omega 3 Rx), o Dr. Barry  Sears chama a este óleo, ”Óleo de peixe farmacológico”, porque se trata de um  óleo de peixe obtido por destilação molecular, de máxima pureza, livre de PCBs e metais pesados (plomo, mercúrio, arsénico, cadmio, níquel),  dioxinas e furanos. E, ao contrário dos produtos correntes contém níveis muito elevados de EPA e DHA, muito superiores às cápsulas das lojas.

O óleo de peixe é um produto delicado facilmente oxidável, no entanto EnerZona Omega 3Rx é estável frente à oxidação, graças à tecnologia avançada pela qual é obtido e às propriedades antioxidantes compostas pela vitamina E, ascorbil palmitato, extracto de romeiro e ácido cítrico.

O óleo de peixe EnerZona Omega 3 RX é altamente concentrado:

  • Contém um total de 75% de ácidos gordos ómega 3 e  60% de EPA + DHA
  • A  proporção EPA e DHA é a ideal, de 2 a 1, indicada pelo Dr. Barry  Sears (40 % EPA e 20% DHA).

O  óleo de peixe EnerZona Omega 3 RX encontra-se à venda nas seguintes  formas:


  • EnerZona Omega 3 RX presentação liquida (embalagem com 3 ou 5 frascos, com  sabor a limão)

  • EnerZona Omega 3 RX presentação 180 cápsulas (0,5 g)

  • EnerZona Omega 3 RX presentação 90 cápsulas (1 g)

Qualidade Internacional

EnerZona OmegaRx é um suplemento de qualidade certificada pelo programa IFOS (International Fish Oil Standard), um organismo independente que certifica o elevado nível de qualidade dos óleos de peixe, conforme os  estándares internacionais estabelecidos pela OMS (Organização mundial de saúde) e o CRN (organismo para a nutrição responsável). O óleo de peixe EnerZona Omega 3 Rx, por cumprir todos os critérios do IFOS, recebe a máxima pontuação de este organismo, as 5 estrelas IFOS.

O óleo de peixe EnerZona é um produto caro?

Sim, é mais caro que os óleos de peixe mais baratos, mas lembre-se que, o que está a pagar é a qualidade. É certo que os óleos de peixe vulgares são baratos, mas têm a desvantagem de apresentarem um teor muito baixo de EPA e DHA. A quantidade a tomar é tão mínima que não aportam benefícios à saúde, ou seja o pouco que paga não serve para nada, além de correr o risco de ingerir muitos contaminantes e toxinas. Ao comprar a marca EnerZona tem a garantia de um ómega 3 original.

Informação nutricional do óleo de peixe EnerZona Omega 3 Rx


 

Por  100 ml de óleo de peixe



Uma  colher/medida



Valor energético


900  Kcal/3700kj



37,53  Kcal/154,3 kj



Proteínas


0  g



0  g



Hidratos  de carbono



0  g



0  g



Lípidos



100  g



4,  17 g



dos  quais:



saturados



3,1  g



0,13  g



monoinsaturados



11,5  g



0,48  g



poliinsaturados



85,4  g



3,56  g



Omega  3 total



75  g



3,13  g



dos  quais:



EPA



40  g



1,67  g



DHA



20  g



0,83  g



Outros  Omega 3



15  g



0,63  g




sexta-feira, 21 de setembro de 2012

EnerZona Proteína de Soja 90%

EnerZona proteína de soja 90% é um complemento proteico em pó constituído por proteínas de soja isolada. A proteína de soja isolada, representa a fonte mais pura e completa de proteína vegetal.

EnerZona Soja 90% não tem aromas nem sabor, tem portanto um gosto neutro, o que permite ser adicionada a alimentos de uso comum, sem no entanto alterar o sabor original do prato. Pode ser utilizada para salgados ou doces, sopas, molhos, batidos, café, nos cereais do pequeno almoço, na confeção de bolos, ou sempre que seja necessário enriquecer os alimentos com proteína para equilibrar o conteúdo de hidratos de carbono e gorduras da refeição.

 Como é a proteína da soja Enerzona 90%

EnerZona Proteína de Soja
É bastante digestiva. Ao ser uma fonte pura de proteína e em concentração elevada é rapidamente absorvida, o que lhe confere uma boa digestibilidade. Não contém aromas, edulcorantes nem conservantes, além disso está livre de Organismos Geneticamente Modificados (OGM). Sem leite e derivados.

A proteína da soja Enerzona 90%, tal como a EnerZona Protein Whey 90% pode ser a solução ideal para pessoas que seguem dietas de poucas proteínas e que não ingerem a quantidade suficiente de proteína.

Sendo também uma opção muito saudável para que os vegetarianos possam obter proteína não-animal na sua dieta. Os desportistas, encontram na proteína de soja uma opção muito prática para enriquecer com proteína a sua alimentação diária e, assim permitir o desenvolvimento da massa muscular.

A proteína da soja Enerzona representa a escolha mais apropriada para as pessoas com intolerância à lactose, ou proteínas de leite. Além disso, a proteína de soja, cumpre uma função muito importante na dieta da Zona, uma vez que estimula a síntese de glucagon eficazmente, e isso proporciona saciedade e satisfação até à seguinte refeição.

Como tomar EnerZona Proteína de Soja 90%?

É ideal para adicionar a quantidade necessária de proteína aos pratos que não tenham a quantidade adequada, respeitando sempre a proporção 40 30 30 própria desta dieta. Como é uma fonte pura de proteína, facilita enormemente o cálculo dos blocos de proteína.

  • 1 colher/medida fornece 1 minibloque de proteína

Dissolve-se facilmente. Adicionar o conteúdo de uma colher/medida ao alimento desejado.

EnerZona soja está disponível em latas de 216 g, com uma colher/medida incluída na lata, que representa a quantidade de 8 g, equivalente a um bloco. Numa lata há 27 medidas.

Tabela nutricional EnerZona Proteína de Soja 90 


Informação nutricional



Por 100 g



Por porção (8g)



Energia



395 Kcal/1655 KJ



32 Kcal/134 KJ



Proteínas



90g



7,2 g



Hidratos de carbono



0,5 g



0,04 g



Lípidos



3,6 g



0,29 g





sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Barras Enerzona Snack 40-30-30

A linha de produtos EnerZona inclui, dentro da sua gama de snacks doces, as barras Enerzona Snack 40-30-30, que constituem o snack perfeito para comer entre as principais refeições, quer seja no lanche da manhã ou da tarde, o que vai permitir manter os níveis de energia ao longo do dia sempre estáveis.

As Barras ENERZONA SNACK 40-30-30 estão disponíveis em vários deliciosos sabores: CHOCOLATE, CHEESE CAKE (sabor tarte de queijo revestida de chocolate branco), COCO, LARANJA, IOGURTE e BAUNILHA.


Barras Enerzona Snack 40-30-30
Todas fornecem a quantidade de nutrientes equivalentes a 1 bloco dentro do equilíbrio calórico habitual da dieta: 40 % Hidratos de carbono, 30% Proteínas, 30 % Gorduras. Estão feitas com proteína de soja e contêm magnésio, Vitamina E, e GLA (ácido gama linolénico) que é um ácido gordo necessário para a síntese dos eicosanoides.

Como comer as Barras EnerZona Snack?

Além de muito nutritivas, deliciosas e pouco calóricas ajudam em qualquer momento e lugar a manter-se dentro da relação 40-30-30 de uma forma fácil, prática  e confortável. São, sobretudo, indicadas para tomar como snack saudável fora de casa, mantendo assim, constantes os níveis de glicose e insulina, impedindo a fome até à próxima refeição.

Uma ou duas barras por dia proporcionam satisfação e saciedade, de modo a evitar petiscar desnecessariamente entre as principais refeições.

Informação Nutricional Enerzona Snack 40-30-30 (barra sabor Laranja)

Por 100 gPor barrita (25 g)

Energia



391 Kcal/1644 KJ



98 Kcal/411 KJ



Proteína



29,8 g



7,5 g



Hidratos de carbono



38,8 g



9,7 g



Lípidos



13 g



3,3 g



Fibras alimentares



7,7 g



1,9 g



Vitamina E



20 mg



5 mg



Magnésio



200 mg



50 mg



Ac. Gama Linolénico (GLA)



4 mg



1 mg



L-Arginina



1100 mg



275 mg



 






quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Bolachas EnerZona 40-30-30

As bolachas EnerZona 40-30-30 são ideais para tomar ao pequeno-almoço, ao lanche da manhã e ao lanche da tarde. Além de muito deliciosas, saciantes e pouco calóricas, fornecem os três nutrientes principais de forma equilibrada: hidratos de carbono, proteínas e gordura na proporção calórica requerida pela Dieta da Zona 40-30-30.

Há vários sabores: Aveia, Côco e Cacau. São vendidas em sacos de 250 g cada, contendo cada um 40 bolachas. Embalagens disponíveis: EnerZona bolachas de aveia 40-30-30, EnerZona bolachas de cacau 40-30-30 e EnerZona bolachas de côco 40-30-30.

Bolachas EnerZona 40-30-30

Todas são fabricadas com ingredientes da mais alta qualidade, sem gorduras hidrogenadas/gorduras trans, a gordura utilizada na sua composição é o azeite virgem extra; contêm um alto teor em fibra; baixo teor de sódio; a principal fonte de proteína advém da soja, proteína vegetal com um alto valor biológico. Não contêm lactose o que são perfeitas para as pessoas com esta intolerância alimentar.


Apresentam um reduzido índice glicémico e baixa carga glicémica, o que as torna indicadas também para pessoas diabéticas, porque mantêm estáveis os níveis de glicose e insulina no sangue.

Como tomar as Bolachas EnerZona 40-30-30 ?

  • 4 bolachas fornecem um bloco. Em cada saco há 10 blocos

  • Ao pequeno-almoço pode tomar 8 bolachas que representam dois blocos + um copo de leite meio-gordo

  • Nos lanches pode tomar 4 bolachas que representam 1 bloco + um chá ou infusão

Informação nutricional das Bolachas EnerZona (Sabor Coco)

Porção de 100 grPorção de 4 bolachas (24 g)
Energia445 Kcal/1867 KJ106 Kcal/446 KJ
Proteínas30 g7,2 g
Hidratos de Carbono41 g9,8 g
dos quais açúcares22 g5,3 g
Lipidos16 g3,8 g
dos quais:
saturados5,1 g1,2 g
monoinsaturados8,3 g2 g
poliinsaturados2,6 g0,6 g
Fibras alimentares8,5 g2 g
Sódio0,20 g0,05 g

 Todos os produtos EnerZona têm a certificação do Dr. Sears.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Produtos EnerZona

Há vários produtos auxiliares para a dieta da Zona, mas o seu consumo não é obrigatório para que a dieta funcione. No entanto, os produtos EnerZona são uma grande ajuda quando a falta de tempo, devido à vida atarefada, não permite preparar pratos cozinhados. A intenção é proporcionar às pessoas opções práticas para permanecer na Zona. São ideais para comer em qualquer lugar e momento do dia.

Produtos EnerZona 40-30-30

Produtos EnerZona
Todo o fundamento da dieta da Zona baseia-se no controlo da insulina e glicose, este controlo é importante para alcançar o equilíbrio hormonal, desta forma emagrecemos como também ganhamos saúde. 

É uma dieta equilibrada, em que 40% das calorias totais devem provir dos hidratos de carbono, 30% das proteínas e 30 % das gorduras. Esta proporção de macronutrientes é o que permite obter o equilíbrio hormonal adequado e todos os benefícios que derivam deste equilíbrio, entre eles emagrecer e o alcance do bem-estar.

Sendo assim, os Produtos EnerZona 40-30-30, são os únicos que se adaptam à Dieta da Zona, já que cumprem rigorosamente a formula 40-30-30, uma vez que fornecem o 40% das calorias provenientes dos carboidratos, o 30% das proteínas e o 30% das gorduras. Portanto se segue esta dieta, não deve tomar outros produtos, já que não se adaptariam à percentagem de macronutrientes requerida pela Dieta da Zona.

Todos os produtos Enerzona contêm carboidratos, proteínas e gordura na proporção 40-30-30, além disso são:

  • saborosos, tanto na sua versão salgada/doce

  • saciantes

  • baixo índice glicémico e carga glicémica, o que os torna ideais também para os diabéticos

  • fabricados com ingredientes de primeira qualidade

  • livres de gorduras hidrogenadas (trans)

  • todos garantem em cada refeição a proporção 40-30-30
Na Dieta da Zona, é fundamental tomar diariamente 2,5 g de Óleo de Peixe EnerZona Omega 3 RX. EnerZona Omega 3 é um dos únicos produtos à venda no mercado que garante uma elevada pureza e um alto teor de ácidos gordos ómega 3 (EPA/DHA).

Produtos EnerZona recomendados para estar na Zona:

A gama de produtos EnerZona são os únicos no mercado avaliados pelo Dr. Sears, o criador da Dieta da Zona. São produtos pensados para ajudar a seguir um estilo de vida saudável em qualquer momento e lugar do dia.


segunda-feira, 25 de abril de 2011

Que alimentos comprar

Para o bom funcionamento da dieta da Zona e de modo a organizar-se melhor, deve primeiro abastecer-se com os alimentos adequados. No entanto, antes de saber que alimentos comprar, retire todos os alimentos desfavoráveis da sua despensa e frigorífico tais como cereais, bolachas, chocolates, bolos, bombons, enchidos gordos e queijos gordos, refrescos... e substitua-os pelos seguintes alimentos:

Alimentos que deve comprar:

Os alimentos comprar dieta da zona

Alimentos que deve ter no frigorífico

  1. Iogurtes magros

  2. Leite magro

  3. Queijo baixo em gordura

  4. Peito de peru

  5. Fiambre da perna extra

  6. Frango

  7. Peixe

  8. Carne de vitela

  9. Ovos(claras)
Verduras frescas variadas:
couve flor, couve branca, bróculos, cogumelos, cebolas, pimentos, tomates, alface, escarola, courguettes, berenjenas...


Frutas frescas variadas: morangos, maçãs, kiwis, laranjas, uvas, peras...


Alimentos que deve ter na despensa

Alimentos que deve ter na despensa

Pão integral
Azeite
Verduras em lata
Azeitonas
Óleo de peixe (ómega-3)

Proteína em conserva (lata ou frasco): atum, sardinhas, anchovas

Frutos secos: nozes, nozes de macadâmia, amêndoas, cajus, amendoins,avelãs etc.


No congelador


É recomendável cozinhar grandes quantidades de alimentos e depois congelar em pequenas porções individuais para poder usar em qualquer momento. Introduza cada porção num tupperware pequeno e plano para poder colocá-las empilhadas no congelador. A carne e o peixe deve-se embalar com filme transparente antes de congelar.

Depois de ficar a saber que alimentos comprar, o primeiro passo para iniciar a dieta está dado.

Aqui encontra uma grande lista de alimentos da dieta da zona pdf.


sábado, 23 de abril de 2011

Saber comprar

Saber comprar é por vezes um desafio, por isso antes de sair de casa mentalize-se que vai à luta. Considere o supermercado e as grandes superfícies "um campo de batalha", de um lado está você e de o outro lado o seu inimigo - a Indústria alimentar. 
saber comprar alimentos dieta

Os fabricantes de alimentos possuem armas de alta tecnologia, como as técnicas de venda, a distribuição, a embalagem e publicidade, que representam estratégicas de "marketing" com a finalidade de persuadir o cliente.

É fundamental saber dizer "não" à abundante disponibilidade de alimentos perante a qual estamos expostos. Como nem sempre é fácil, siga as nossas dicas para saber comprar.

Conselhos para comprar no supermercado:

  • Evite passar nas secções dos alimentos "atrativos" e apetitosos, a maioria são hidratos de carbono envoltos em atrativas embalagens. A maioria são bolos, variedades de cereais para o pequeno almoço, bolachas, biscoitos, pacotes de batatas fritas, snacks diversos, chocolates etc. Resista, enche-se de coragem e não se sinta tentado de levá-los para casa.

  • Habitue-se a ler os rótulos dos alimentos. Para tal, não se preocupe com o teor de gordura. A gordura nem sempre é o seu inimigo. Dê mais importância à quantidade de hidratos de carbono do produto que escolhe. Existe produtos com baixos teores de gordura mas, por outro lado, têm teores altos em hidratos de carbono. Convém recordar que o excesso de hidratos de carbono é o que faz engordar.

  • Faça do azeite e das nozes a sua gordura por excelência. As nozes como o azeite são fornecedores de gordura monoinsaturada, muito benéficas para o corpo.

  • Evite os produtos com gordura saturada e gorduras hidrogenadas, pois são prejudiciais para a saúde.

  • Evite os alimentos pré-cozinhados, porque normalmente possuem gorduras hidrogenadas.

  • Corte totalmente os hidratos de carbono refinados.

  • Compre sempre muita fruta e vegetais frescos, mas também pode optar por conservas ou congelados, prontos a utilizar.

  • Abasteça-se de produtos fornecedores de proteína como carne baixa em gordura, peixe, fiambres ou carnes frias de qualidade (sem féculas ou amidos), ovos, lacticínios magros como queijos, leite, iogurtes etc.
Saber comprar é a melhor arma para ganhar esta batalha que nos desafia frente às prateleiras do supermercado. Um pequeno truque é tomar um lanche da dieta da Zona antes de ir ao supermercado a fim de evitar a tentação de levar para casa produtos que só lhe prejudicaram.

Rótulos dos alimentos

Ler os rótulos dos alimentos é uma ajuda valiosa para saber escolher bem os produtos que compra. A sua leitura e interpretação é imprescindível para o bom funcionamento da dieta da zona.

Ler os rótulos dos alimentos da dieta da zona

Provavelmente não vai encontrar nas prateleiras de qualquer supermercado um único produto com a proporção correta de proteínas e hidratos de carbono como requer a dieta da Zona. Como isso não é possível, o segredo passa por misturar e combinar alimentos até conseguir a proporção correta.

Sendo assim, deve em primeiro lugar aprender a converter em blocos, o conteúdo de proteínas, hidratos de carbono e gordura contidos nos rótulos dos alimentos que comprar. 

Lembre-se que na dieta da Zona não contamos calorias. Esta dieta procura o equilíbrio hormonal,
através de uma proporção correta entre as proteínas, carboidratos e as gorduras em cada refeição.

Para tal, utiliza a contagem dos alimentos através dos blocos. Estes blocos permitem a contagem dos alimentos e em que proporções devemos ingeri-los. 

Para saber em que consistem estes blocos, aqui está um exemplo:

  •   Um bloco de carboidratos tem 9 gramas
  •   Um bloco de proteína tem 7 gramas
  •   Um bloco de gordura tem 1,5 gramas 

A quantidade de hidratos de carbono em relação à quantidade de proteínas

Quando escolher um produto no supermercado o primeiro que deve fazer é ler a quantidade de hidratos de carbono em relação à das proteínas. Normalmente o teor de hidratos de carbono é muito mais elevado do que o teor de proteínas, o que não é bom, porque esse excesso de hidratos de carbono em relação com o conteúdo baixo de proteínas é um obstáculo para alcançar o equilíbrio hormonal tão requerido na dieta da Zona.

Convém recordar que todo o foco da dieta da Zona é manter o equilíbrio entre os hidratos de carbono e as proteínas em cada refeição, já que esta é a única maneira de manter os níveis de açúcar no sangue estáveis, impedindo assim a subida da insulina, que aumentaria a vontade de comer e o consequente aumento de peso.

Saber quantos blocos de proteína e hidratos de carbono tem um alimento

Para saber quantos blocos de proteína existe num determinado produto devemos dividir por 7 g (7 g é o valor de 1 bloco de proteína) o valor em gramas de proteínas que indica no rótulo.

Procedemos da mesma maneira para saber quantos blocos de hidratos de carbono possui esse mesmo produto, mas desta vez dividi-se por 9 g (9 g é o valor de 1 bloco de hidratos de carbono) o valor em gramas de hidratos de carbono que indica no rótulo, o resultado é o número de blocos.

Mas para melhor compreensão vamos explicar com um exemplo. Analisaremos o valor nutritivo de um pacote de cereais do pequeno almoço. Assim, escolhemos uma porção de 100 g de cereais, que é a quantidade que normalmente enche uma tigela do pequeno almoço.

Informação nutricional por 100 g

Valor energético KJ / Kcal 1608/379
Hidratos de carbono: 79,1 g
Proteínas: 7,3 g
Lípidos: 3,8 g
sódio: 0,2 g
Fibra alimentar: 5,1 g

Como saber quantos blocos de proteínas e de hidratos de carbono estamos a ingerir?

Como podemos observar no rótulo acima, 100 g de cereais contêm 79,1 de hidratos de carbono. Para transformar esta quantidade em blocos divide-se 79,1 g por 9 g (lembre-se que 9 g é o valor de 1 bloco de hidratos de carbono) e obtém-se como resultado 8.78 blocos. 

Ficamos assim a saber que 79,1 g contém quase 9 blocos, isto representa muitos blocos de hidratos de carbono para uma só refeição. Na Dieta da Zona o pequeno-almoço dever conter apenas 3 blocos (mulher) e 4 blocos (homem).

Agora vamos calcular as proteínas, vemos que 100 g de cereais contem a pequena quantidade de 7,3 g de proteína, o equivalente a 1 bloco de proteínas, pois ao dividir 7,3 g por 7 g (7 g é o valor de 1 bloco de proteínas) obtém-se 1,042 blocos, esta quantidade representa praticamente 1 bloco, não chegando a alcançar os 3 ou 4 blocos de proteínas que é o que requer a dieta da Zona para as refeiçoes principais, incluindo o pequeno almoço.

Conclusão: temos um conteúdo de proteínas muito baixo e um conteúdo altíssimo de hidratos de carbono - um verdadeiro desequilíbrio hormonal - que o encaminhará, dia após dia, para o ganho de peso.

Como adaptar este pequeno-almoço para que se assemelhe à dieta da Zona?

Ainda continuando com o mesmo exemplo, em vez de 100 g, deite apenas 30 g de cereais que contém unicamente 3 blocos de hidratos de carbono, acrescente um pouco de leite magro (com isto obtém 1 bloco de proteínas). Mas ainda falta 2 blocos para obter os 3 blocos de proteínas que pode conseguir ao ingerir 40 g de queijo. 

E, para ficar completo só falta os 3 blocos de gordura, que pode ser obtido se comer 3 nozes. E, desta maneira tem um pequeno almoço com 3 blocos de cada grupo alimentar.

Sempre que queira converter em blocos os teores de proteínas e hidratos de carbono dos rótulos dos alimentos, apenas deve realizar uma simples conta de dividir. Não é assim tão difícil!